quarta-feira, 6 de maio de 2009

"Todo dia é um novo dia pra Te amar"

"As ofertas que mais nos custam não são as primeiras..."

Além de tantos outros sinais que marcaram o meu fim de semana, essa frase que a Suely Façanha disse no palco me fez pensar bastante. De fato, em qualquer situação, o que Deus me pede primeiro é sempre menos custoso do que vem na prova seguinte. São João da Cruz também disse algo parecido referindo-se às noites escuras.
Talvez o que torne menos sangrento o processo de ofertar seja a consciência do valor que tem o que entregamos a Deus e que nas mãos dEle, tudo descansa, tudo se ajeita, tudo se espera. Consciente do valor, da importância, do amor que tenho pelo que oferto, o risco de cobrar algo de Deus no futuro seja menor.
Essa semana Santa Teresa me ensinou que a conformidade com a Vontade de Deus não me impede de sentir a dor das ofertas, a contrariedade dos meus planos, a dor das enfermidades, o sofrimento dos outros e até mesmo a revolta diante das injustiças.
E hoje, dia 6 de maio, é mais um dia para amar mais a Deus... Para escutá-Lo em nosso silêncio esponsal e ofertar as pequenas e grandes coisas, as que amo e as que odeio, as que me fazem feliz, sorrir, chorar, gritar. Lutar contra Deus? Não, não é preciso. Independente da minha razão o novo se fará...
Um dia eu vou entender, com a alma, o coração, tudo que eu sou, que a vontade de Deus é o meu paraíso. Lá no fundo eu sei, mas precisa tomar conta de mim.

Shalom!

 Comunidade Doce Mãe de Deus - Vontade de Deus

2 comentários:

vania disse...

Narlla, ler-te é fixar no coração a esperança que vem do sopro suave do Espirito impregnado nas tuas letras!
Escreva sempre!
Sua fã

thatá disse...

tbm acho , so sua fã tbm!

bjs!