sexta-feira, 18 de abril de 2008

“A saudade faz milagres”

Como é bom ser surpreendida. Às vezes procurar o que é certo no lugar errado e acabar descobrindo que mesmo diante de escolhas erradas, Deus dá a chance do recomeço. Tantas vidas, meu Deus, encontraram a minha vida. E eu que pensava que podia escolher o que levar delas e o que deixar de mim em cada coração.

Eu imaginei que dava para guardar meu coração numa mochila, num pedaço de papel, pensei que o meu amor cabia no porta malas de um fusca, em uma canção. Achei que minha saudade poderia ser contida no silêncio e na espera. Não, não dá.

Sou um mistério, sou uma verdade, só encontro lugar para guardar tudo que há em mim no Teu coração. Só caibo aí no Teu lado aberto. Só me sinto segura se me encontro dentro de Tuas chagas gloriosas. Chagas que foram abertas pela dor, mas de lá nunca saiu outra coisa a não ser amor.

--
Hoje um grande amigo me visitou. O nome dele é Irmão Cassius, [Cassius – o soldado que feriu o lado de Jesus e sobre ele jorrou água e sangue, aquele que provou do amor e da misericórdia]. É um amigo de alma, amigo que toca a alma. Um toqueiro simples, de pés no chão, o coração mais puro que já conheci. Um amigo que visitou meu coração com a paz do Ressuscitado.

Amigo dado de presente por Jesus Sacramentado. Instrumento fundamental para entender que Deus fala quando eu calo. Um moço da roupa marrom que nunca teve medo de me dizer o óbvio, o que ele tem certeza que eu sei, mas que preciso ouvir. Amigo que transbordou o carisma da Toca de Assis para mim e me ensinou a adorar Jesus [também] caladinha, sem dizer, sem cantar.

Um dia eu perguntei:
Como você adora Jesus sem dizer nada pra Ele?
Sempre, sempre, sempre sorrindo, ele respondeu: “Adorar é ficar com Jesus”.

Acho que a pretensão dele nem sempre é me ensinar coisas, em meio minuto de conversa, sempre há o que aprender com ele. Nem sempre eu tenho o que dizer e nem sempre quem me ouve sabe responder. Amigos simplesmente ficam. O silêncio também é comunicação, silenciar também é amar.



Um amigo fiel é uma poderosa proteção: quem o achou, descobriu um tesouro.[1]



Amigo que mesmo lá longe, em São Paulo, me visita, me encontra, me conforta e consegue dizer,
sem dizer, olhar sem olhar. É quase engraçado o ouvir dizer: “Não desista de mim”.

Como desistir de um amigo? Por que desistir de alguém? Sei que sou capaz, mas algumas pessoas chegaram até mim por Tua intervenção. Quando é feito por Ti, meu Deus, não há condição alguma que destrua os jardins regados pelo Teu cuidado e Providência.

“A saudade faz milagres” – Pe Roberto Lettieri

Penso hoje em todas as saudades que trago em meu peito. Saudades apaixonadas que fazem verdadeiros milagres em meu coração. Saudades que me levam à oração, saudades que me obrigam a sair de mim e chegar mais perto de Ti, saudades de um cheiro, de um abraço, de um mingau no fim do dia. Saudade de um canto, de uma cor.

Quando esqueço que sou gente, logo uma saudade me lembra que Deus me fez assim: tão humana que não dá para ignorar ou fingir o resultado de uma ausência.
A própria saudade que tenho de Ti me faz contar com a graça de sempre ser encontrada, e nunca encontrar-Te primeiro.
--

Hoje, vivo milagres! Saudades que me transportam e são capazes de me acalmar.
Saudades que oferto. Saudades que, às vezes me pego tentando calcular as medidas para guardar em algum cantinho, algum bolso, alguma gaveta do meu armário, mas logo desisto. Elas não cabem nem em um caminhão, só encontram lugar no coração de Deus.

[1] Eclo 6,14

5 comentários:

Polyana disse...

Lindo, Narlinha! Muito bonito mesmo. Eu já sabia que vc era muito boa com as palavras mas esse texto ficou realmente bonito. Sabe, eu acredito que todas as coisas que existem só são válidas quando transmitem um sentimento. Se não me fizer sentir algo então não é tão valioso. O seu texto me transmitiu muitas coisas boas, coisas bonitas e até mesmo coisas saudosas. Parabéns, lindinha!

Anônimo disse...

Fantástico!!Nosso Amigo veio aqui!!!Saudades...corações unidos!!!

;-)

LAine ascenção

Dany disse...

Amiga muito muito lindo, toca lá no fundo. É muito fácil de sentir como Deus se faz presente em tudo que você escreve... beijos e estou com saudades!!!

Anônimo disse...

Narlla,

Que texto intenso e bonito. Mostra a pessoa humana e maravilhosa que é você.
Cultive sempre os tesouros que Deus dá a você.
Um beijo linda!
Shalom
Pati

Dayane - Campos Belos disse...

Nossa Narlla.
Virei sua fã numero um sabia?
Virei Blogueira sua.. hehe
Lindo o textooo..
Me identifiquei com algumas coisas.
Obrigada por mesmo sem saber me trazer para perto de Deus.

Beijos!!